APRESENTAÇÃO MONTRA DE LIVROS LEILÕES CONTACTOS
Pesquisa
Destaques
Última Actualização
Oportunidades
? A B C D E F G H I J
L M N O P Q R S T U V
Z
AMICA VERITAS [1890]
SOUTO (Diogo).- AMICA VERITAS. Quarta edi??o com uma carta de Camillo Castello Branco e o juizo da imprensa. Porto. Typographia Elzeviriana. MDCCCXC. In-4.? gr. de 22-VIII p?gs. B.
Edi??o com interesse para a hist?ria do ?Centen?rio de Cam?es' comemorado no Porto na grande nave central do Pal?cio de Cristal. Para al?m da carta de Camilo anunciada no frontisp?cio, o Poema vem antecedido de v?rios textos publicados na imprensa peri?dica a prop?sito de um incidente acontecido durante as comemora??es. "Epis?dio: Ergue-se de entre a chusma de espectadores o sr. Diogo Souto, aquelle que ha annos provocou, recitando versos ao rei, no theatro Baquet, as furias dos bacalhoeiros e os desaggravos do poeta Caldas e do prosador Ramalho Ortig?o, noticiarista do ?Jornal do Porto'; ergue-se o sr. Diogo Souto e faz signal de que pretende fallar. (...) Joaquim, o ?tyranno', empalidece, vae para desmaiar; mas de repente toma uma resolu??o: abafar a voz do orador. (...) o sr. Thomaz Ribeiro, que tomou ch? em pequeno e entende de fervuras, aconselha a Joaquim, ?o tyranno', a modera??o (...). O sr. Diogo Souto recita uns bellos versos, cuja ideia inicial compartilhamos absolutamente: ?Se Cam?es vivesse hoje, teria de morrer na miseria e esperaria que os festeiros do seculo XXII desaggravassem a na??o. O publico ? honra lhe seja ? applaudiu calorosamente."
Edi??o de luxo, limitada a cem exemplares impressos a cores e ouro sobre papel de escolhida qualidade. Exemplar n?o numerado ou assinado.
Ref: 27631
€ 30.00
Copyright © 2019 Livraria Manuel Ferreira Política de Privacidade Perguntas Frequentes